Anúncios

Como emitir a 2ª via do boleto DAS: Siga o passo a passo

Anúncios

A concepção de MEI (Microempresário único) ajudando vários trabalhadores informais a formalizar e pode até emitir faturas por seus serviços. Encontra-se algumas normas para se virar um MEI, como a liquidação mensal do DAS (documento de cobrança do nacional simples).

Veja também:

Anúncios

Como pagar a conta de luz CEEE atrasada?

2ª via da fatura Equatorial

Segunda via boleto Banco do Brasil

Como emitir segunda via Calesc?

Anúncios

Para emitir o DAS, o microempresário precisa acessar o site da Receita Federal e utilizar o PGMI (Programa Gerador de DAS para Microempreendedores Individuais). Vendo assim você pode achar complicado, não é? No entanto, explicamos esse passo a passo e simplificamos o procedimento para você.

O método para emitir a primeira e a 2ª via do boleto DAS é o mesmo Basta prestar atenção a data do pagamento, lembre-se, que quando a 2ª via do boleto DAS foi emitida, o valor da taxa pode estar associado a um aumento da multa e dos juros.

Por isso reforçamos a importância de mantemos o pagamento das nossas dividas em dias, só assim podemos evitar multas e juros. Mas vamos ao que interessa como emitir a 2ª via do boleto DAS veja abaixo:

Emitir o boleto DAS usando PGMI:

O comprovante de pagamento emitido pela PGMI, DAS, vence no dia 20 do mês seguinte ao mês em que os valores são calculados. Embora não tenha gerado receita, o microempresário deve pagar o DAS, cujo valor pode mudar de acordo com a categoria de negócios.

Valores por categoria:

  • Serviços de indústria, agência e transporte de cargas interestaduais: 5% do salário mínimo atual + R $ 1,00 ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para o estado;
  • Serviços municipais de serviço e transporte: 5% do salário mínimo atual + R $ 5,00 ISS para a comunidade.

Se você possui dívidas em atraso, pode pagá-las quando deseja e parcelá-las em até 60 vezes, com pagamentos mínimos de R $ 50,00.

2ª via do boleto DAS com PGMI:

  1. Acesso ao site do IRS;
  2. No campo “Cálculo e declaração”, selecione “Programa gerador PGMI DAS para MEI”.
  3. Informe o seu CNPJ e os caráteres da empresa na caixa de seleção.
  4. Clique em “Emitir Guia de Pagamento DAS”.
  5. Selecione o ano que você deseja gastar.
  6. Escolha o seu mês preferido e forma de pagamento (para os usuários do Banco do Brasil, a liquidação pode ser feita on-line).
  7. Clique em “Calcular / emitir DAS”.
  8. Clique em “Imprimir / Visualizar” e imprima as instruções.

O pagamento da 2ª via do boleto DAS pode ser realizado na loteria ou nas agências bancárias. Lembre-se de que a atualização do pagamento do DAS garante que o microempresário possa tirar proveito das vantagens do INSS.

Anúncios