Anúncios

Auxílio Emergencial: Como usar o auxílio emergencial?

Anúncios

Auxílio Emergencial em meio à quarentena de coronavírus, o governo está buscando medidas para minimizar o impacto na economia e na vida das pessoas. Uma dessas soluções foi a introdução de um auxílio emergencial de R$ 600 para a população de baixa renda e MEI.

Saiba Mais:

Anúncios

Controle financeiro pessoal

Como organizar sua vida financeira

Guia Completo de como economizar dinheiro

Como mais de 50 milhões de brasileiros já estão recebendo pagamentos parcelados, muitas pessoas se perguntam como podem usar melhor o dinheiro. Por esse motivo, reunimos dicas neste artigo sobre como você pode acompanhar sua ajuda de emergência. Veja como usar seu Auxílio Emergencial a seguir.

Identifique todas as suas despesas:

Anúncios

Anote todos os seus custos fixos em um notebook ou telefone. E avalie se essas despesas são essenciais por exemplo: Contas de água, luz, condomínio ou aluguel. Defina também as despesas consideradas essenciais, como alimentação e higiene.

Calcule seu orçamento disponível:

Depois de somar todas as suas despesas, é hora de calcular quanto dinheiro você tem disponível para o mês. Inclua todos os rendimentos, como salário, pensão, valor do Auxílio Emergencial e outros.

Planeje como gastar seu dinheiro:

Agora você pode escolher quanto do orçamento mensal é usado para as despesas listadas. Essa é uma etapa muito importante nesse processo, pois, neste momento, você decide o que precisa reduzir para fechar a conta no final do mês.

Negociar:

Devido à quarentena, você poderá adiar o pagamento de algumas dívidas e aliviar o orçamento mensal. Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEL), por exemplo, emitiu um decreto impedindo a inadimplência dos serviços de energia elétrica para os infratores dentro de 90 dias.

Alguns bancos também estão se preparando para facilitar as negociações sobre a mudança nas parcelas de empréstimos, financiamento imobiliário e automóveis.

Este é o momento de negociar qualquer coisa, pois todo o dinheiro que você puder economizar será útil no futuro.

Estabeleça limites para suas despesas:

Quando você define um limite para certos tipos de despesas, seu cérebro afeta automaticamente você para salvar e escolher o mais barato.

Por exemplo, se você especificar que só pode gastar R$ 100 por semana em compras quando for ao mercado comprar mais coisas, seleciona automaticamente os produtos mais baratos.

Compare os preços:

Você deve ter notado que alguns produtos de supermercado aumentaram de preço, não é? Portanto, é importante que você sempre compare os preços de suas compras.

Com as pessoas em casa, os supermercados publicam suas ofertas com mais frequência nas mídias sociais. Com uma pesquisa rápida, você encontrará o mercado que oferece mais descontos.

O que não fazer com o Auxílio Emergencial?

Despesas excessivas:

O Auxílio Emergencial é um subsídio diário para que você possa terminar o mês com tudo o que é importante para você e sua família. Tente gastar o dinheiro apenas com o que é realmente necessário e reduza todos os custos, tanto quanto possível.

Evite emprestar seu dinheiro:

Embora muitas pessoas estejam em situações difíceis, este é o momento de cuidar de suas necessidades e de suas famílias. Portanto, não é recomendável emprestar o valor à sua ajuda de emergência, pois você poderá precisar no futuro.

Realização dos sonhos:

Definitivamente não é o momento de renovar sua casa, trocar a TV, comprar um telefone novo ou realizar outro sonho.

Não sabemos quanto tempo a quarentena pode durar no país e o Auxílio Emergencial é garantido paga em apenas três parcelas. Portanto, evite gastar esse dinheiro em coisas que você não precisa e, se possível, economize algo em sua reserva de emergência.

Anúncios