Anúncios

Confira as 9 práticas para economizar dinheiro

Anúncios

Para ter a conquista da sua independência financeira é necessário que você cative algumas práticas para economizar dinheiro  Em situações de emergência, algo inesperado ou tempos de crise, ter um fundo de garantia financeira para ajudar a manter suas contas balanceadas, assim evitando que você fique endividado.

Saiba Mais: O Cartão de Crédito Mateus Vale a Pena? Descubra

Anúncios

Conheça o Cartão de Crédito Super Muffato

Cartão de Crédito Bradesco DIN Elo Internacional

Sendo assim, se você deseja ter uma vida financeira melhorada e próspera, essa é a hora de praticar hábitos saudáveis a um longo prazo e controlar suas finanças de forma mais eficaz.   Se o indivíduo está sempre com o orçamento mais estreito, gasta mais dinheiro do que ganha ou não consegue colocar em prática a realização daquelas férias tão sonhadas ou comprar uma casa, por exemplo, muito provável que você precisará fazer uma educação econômica para aprender a economizar dinheiro. Além disso, caso você esteja endividado porque passou por um momento financeiro imprevisto, você também não soube economizar dinheiro. Mas saiba  que você não está sozinho nessa. Economizar dinheiro é uma tarefa enfrentada pela grande maioria dos brasileiros. Vários não conseguem fazer seu ganho mensal render até o final do mês e mal controlam as contas de casa. Neste artigo, iremos lhes dizer algumas práticas que você deve manter para economizar seu dinheiro. Continue lendo!

Por que fazer economia de dinheiro é importante?

É necessário destacar primeiramente que economizar algo é uma coisa que todos devem aprender a fazer. Na rotina diária, em pequenas decisões ou trocas inteligentes, é necessário que você precise pensar em melhorar seus recursos, pois por causa de problemas financeiros que muitas pessoas ficam adoecidas e perdem a qualidade de vida por causa de estresse com sua vida financeira. Para preservar sua saúde, cultivar o hábito de economizar é essencial, mas adiantamos que não é algo tão simples assim, e o processo requer persistência e paciência, porém não é impossível Diante disso, não importa se o valor da sua renda mensal seja alto ou baixo, você pode começar a economizar seu dinheiro agora mesmo nem que seja o valor mínimo simbólico por semana para aprender a praticar aos poucos.  Poupar dinheiro irá te ajudar a construir sua reserva de capital, te direcionar para uma aposentadoria mais tranquila e realizar sonhos. Sendo assim, não importa qual seja a sua meta financeira, poupar dinheiro lhe trará mais comodidade e irá te auxiliar a conseguir o que deseja. 

9 práticas para economizar dinheiro

Anúncios

Como citamos, não importa qual processo da sua vida você se encontra, é preciso aprender a poupar dinheiro. Sendo assim, basta somente dar a partida ruma às práticas financeiras saudáveis que irão de encontro aos seus objetivos, tendo ciência que o primeiro passo é o mais complicado, mas extremamente fundamental para que você gerencie sua vida financeira. De acordo com um estudo feito, mais de 67% dos brasileiros admitem não conseguir economizar dinheiro. Tendo esse dado, é importante saber que isso ocorre porque a grande maioria dos brasileiros não tiveram acesso a educação financeira. Com isso não aprenderam aplicar as práticas saudáveis a longo prazo, assim gastando mais dinheiro do que ganha, obter dívidas acima do seu orçamento, ver o cartão de crédito como somente uma despesa de todo mês, colocar cheque especial em sua renda mensal, entre outras práticas ruins. 

Crie um planejamento de finanças

Primeiro você precisa fazer uma lista de todas as suas despesas, isso fará com que você tenha uma imagem da sua vida financeira e ter noção do que está gastando mais do que seu orçamento suporta.  Faça um registro de todos os seus gastos por dia, caso ainda não tenha adotado esse hábito. Assim você vai conseguir visualizar para onde seu dinheiro é encaminhado. Com o que você mais consome? Você está gastando com coisas desnecessárias?  Você consegue realizar o pagamento das suas contas em dia? Será que dá para economizar com transporte e alimentação?. Ao fazer esses questionamentos e analisar seus gastos pessoais para conseguir respostas, será possível elaborar um plano financeiro de acordo com sua renda mensal. Se suas finanças estão no vermelho, significa que está mais do que na hora de começar a praticar novos hábitos. Diante disso, objetivos financeiros devem ser elaborados tanto na hora de usar seus recursos quanto na hora de poupá-los. Estabeleça um valor para cada categoria, como: saúde, lazer, alimentação, moradia, educação, etc. Preste atenção na hora de estipular o valor do lazer, pois ele costuma não ser aliado quando deveria ser um momento de bem-estar e diversão. Com o plano financeiro em mãos, será possível saber quanto irá sobrar e como fazer a distribuição desse saldo: Uma parte para emergência, outro para aposentadoria, outro para realizar uma viagem, quitar dívidas, entre outros. Isso tudo vai depender de qual sua prioridade, mas desde já reforçamos o quanto será necessário para a construção da sua reserva de emergência.

Corte gastos supérfluos do orçamento

Muitas vezes nos pegamos gastando dinheiro com coisas desnecessárias para o momento, mas que consome uma boa parte do orçamento.  Sugerimos que você compre um chocolate de R$ 2,00 todo dia depois do almoço e ao final do mês, supondo que o mês seja de 30 dias, você terá gasto R$ 60,00 e em um ano, R$ 730,00. Esse valor poderia ser aplicado em um fundo de emergência com renda de 100% CDI, em um investimento de renda fixa, por exemplo. E ainda você pode cortar gastos e reduzir despesas, como as de luz, telefone e internet e para te auxiliar a adotar essa prática, comece a reprogramar seu cérebro e pense: não gastar é o mesmo que ganhar dinheiro e assim se você deixa de gastar R$ 300 por mês, daqui a um ano você terá R$ 3.800,00 a mais no seu saldo. Comece a pensar que o trabalho de poupar é bem menor que o trabalho de ganhar mais dinheiro. 

Use o cartão de crédito com consciência para economizar

Todos sabemos que o crédito rotativo dos cartões de crédito tem juros altíssimos e sabendo disso muitas pessoas ficam endividadas por conta dele. Compras parceladas devem ser analisadas com bastante atenção. É necessário entender que o cartão de crédito é uma opção de pagamento e não uma despesa que contém no seu orçamento. Diante disso, utilizar o cartão de crédito para alimentação e transporte nem sempre é uma boa saída, pois no mês seguinte você terá as mesmas despesas e assim sucessivamente.  Opte por usar débito automático para não correr risco de perder a data de vencimento.

Evite comprar por impulso

Essa prática é simples, mas ao navegar pela internet nos deparamos com ofertas a todo momento, portanto, não compre algo só porque está em promoção. Se você possui uma camiseta que está em boas condições, porque então comprar outra só porque está em promoção? Só compre se precisar. Opte pelo consumo consciente, e além do mais, as compras precisam ser planejadas.  Se você precisa de roupas novas, faça uma pesquisa antes e compare os preços, estabelece quanto você pode tirar da sua renda para então ir às compras e não compre no mesmo instante, deixe passar algum tempo e se você ainda assim precisar daquele produto, realize a compra, pois muitas vezes o que parece ser essencial no momento, depois não é mais, portanto, repense.

Pague ou negocie dívidas

Parece estranho, mas quitar dívidas é uma forma de economia, isso se dá porque, quando se antecipa o pagamento, você pode conseguir descontos em boa parte das taxas de juros, assim você poderá realizar um novo empréstimo com taxas e condições melhores. Conversar com seu gerente ou ir atrás de opções de empréstimo pessoal online pode ser uma ótima opção para diminuir suas despesas com parcelamentos e financiamentos. 

Precisando de empréstimo, confira os melhores para você:

Aprenda a economizar mensalmente

Outro hábito essencial é economizar dinheiro todo mês e se possível estabeleça um percentual de um valor e siga com ele sempre. O recomendado pelos especialistas é que você economize 15% da sua renda mensal, mas se você não conseguir atingir esse percentual, comece com 10%, 5% ou o que couber dentro do seu orçamento e vá aumentando conforme sua capacidade, pois o que vale é começar. 

Coloque metas financeiras

Criar metas financeiras é muito importante para manter o foco e disciplina, comece com metas pequenas e vá aumentando aos poucos, você ainda pode criar tanto metas para longo ou curto prazo.

Invista seu dinheiro

Se tratando de investimentos, não considere a caderneta de poupança, pois ela não é um investimento.  É possível escolher investimentos de renda fixa com um valor líquido diário, com boa rentabilidade e tão seguro quanto a poupança. Invista na sua educação financeira e foque nos seus objetivos que você irá alcançar resultados.

Tenha renda extra

Se mesmo com todas essas práticas você não conseguir poupar dinheiro como gostaria, uma opção é passar a ter um renda extra. Aposte numa economia colaborativa, alugando um quarto de sua casa, seu carro aos finais de semana ou até mesmo trabalhando com aplicativos de entrega e transporte de passageiros. Economizar não é difícil, mas é necessário comprometimento e conscientização, além de dedicação e objetivos.

Saiba Mais:

Cartão de crédito Meu Pag como fazer? Aprenda

Como fazer um cartão de crédito com nome sujo?

Como funciona um cartão corporativo? Descubra

Anúncios