Anúncios

Manual para aumentar seu score em 2020

Anúncios

Você sabia que várias coisas podem impactar o seu score nos órgãos de proteção ao crédito e aumentar seu score é um processo que demanda tempo e alguns cuidados? Se você não sabia, neste artigo vamos te dar diversas dicas de como aumentar seu score, sendo um verdadeiro manual para aumentar seu score em 2020.

Veja também:

Anúncios

Os 10 melhores empréstimos consignados

Os 10 melhores refinanciamentos de veículo e imóvel

Os 3 melhores financiamentos para negativados SPC e Serasa

Quantos pontos de score garantem crédito aprovado no mercado?

São vários os critérios analisados para conceder qualquer produto financeiro para uma pessoa e a maioria das instituições financeiras fazem uma avaliação de crédito em que um dos pontos considerados é o score de acordo com o seu CPF. O Serasa e outras instituições de crédito periodicamente reúnem informações sobre seu perfil de pagamentos e essas informações tanto podem aumentar seu score como podem diminuir. As faixas de score servem para identificar qual a probabilidade de um cliente ser inadimplente, se ela é alta ou baixa, e quanto mais você aumentar seu score melhor pagador você será considerado. Normalmente os scores de 701 a 1000 (que é o valor máximo de score) significam que você cumpre seus compromissos financeiros e tem baixo risco de inadimplência. Abaixo desses valores são riscos médios e altos, portanto é importante sempre buscar aumentar seu score.

Como aumentar seu score de maneira rápida?

Anúncios

 Não existe uma maneira padrão para aumentar seu score de maneira rápida. A maioria dos órgãos de proteção ao crédito fazem análises periódicas e recebem informações mensais das instituições as quais você tem vínculo, configurando o que se chama de “cadastro positivo” e todas as informações recebidas por esses órgãos contam como uma maneira de aumentar seu score e podem impactar o resultado em até 6 meses. Por isso, é interessante que você siga as dicas que separamos abaixo para aumentar seu score e se atentar mais ainda em seguí-las a risca quando precisar principalmente de uma grande concessão de crédito no caso de financiamentos de imóveis por exemplo.

Usar no máximo 30% do limite total do cartão de crédito

Como o próprio título já diz, essa dica é bem auto-explicativa. Quando você pede um cartão de crédito, a instituição financeira tem uma estimativa dos seus ganhos e ela considera que se você compromete mais de 30% da sua renda com gastos no crédito, maior ela acredita ser a chance de que você venha a se tornar inadimplente principalmente em situações de emergência financeira e isso acaba por não aumentar seu score. Isso vale não só para cartões de crédito, mas até para ser aceito em outros serviços como financiamentos de veículos e imóveis, pois normalmente as instituições financeiras optam por te dar parcelas proporcionais aos seus ganhos, sempre comprometendo abaixo dos 30% do seu salário.

Pague suas contas sempre em dias

Uma maneira de aumentar seu score é fazendo o pagamento das suas contas em dia e nisso, todas as contas impactam como as faturas do crédito, contas de telefone, plano de saúde e tudo o que estiver vinculado ao seu CPF pode impactar de maneira a vir aumentar seu score quanto de maneira negativa e o diminuir caso você fique alguns meses inadimplente ou atrasando frequentemente os pagamentos pois isso indica que você não tem muito controle financeiro e pode acabar te fazendo ser considerado um mau pagador ao invés de aumentar seu score.

Se estiver negativado, regularize a situação

Quem está com nome negativado automaticamente já está com o score baixo não ter conseguido cumprir com algo pagamento. Por isso se você estiver negativado o primeiro passo para aumentar seu score é negociando com a empresa que você adquiriu a dívida. Assim que você entrar em negociação e aceitar o acordo, a empresa já limpa o seu nome e você adquire um outro pagamento. regularizar a situação dá uma maneira de aumentar seu score imediatamente já que os órgãos de proteção ao crédito leva em consideração as transações durante uma média de 6 meses.

 Não solicitar crédito mais de 10x no mês

Como já dissemos neste artigo, existem diversas ações que podem tanto aumentar seu score quanto diminuí-lo e solicitar um cartão de crédito é uma maneira de fazer isso, já que as instituições financeiras acreditam que se você está solicitando diversos cartões de crédito, é porque está precisando aumentar seu poder de compra e gerando novas dívidas na fatura. Se você faz isso com muita frequência em um curto espaço de tempo,  você acaba não só não conseguindo aumentar seu score, mas o diminuindo e isso é levado em consideração por seis meses. O ideal é: se você deseja fazer solicitações de cartões de crédito, as faça espaçadamente.

Mantenha um cadastro positivo

O cadastro positivo nada mais é do que informações concedidas para os órgãos de proteção ao crédito por parte das empresas em que você tem o seu CPF associado no pagamento como é o caso de bancos, planos de saúde, cartões de loja etc. Essas empresas mandam informações se você é um pagador, se paga suas contas de forma pontual e por isso é uma maneira de aumentar seu score. Como essas informações são atualizadas mensalmente o impacto positivo é o suficiente para aumentar seu score de maneira rápida.

Atualize seus dados cadastrais e de renda

Uma maneira de aumentar seu score, é atualizando suas informações nas empresas que fornecem históricos de pagamento para os órgãos de proteção ao crédito. Os fatores que mais são levados em consideração em créditos ou financiamentos são seus rendimentos e por isso, quanto maior eles forem, maior será o valor que você poderá requisitar em instituições financeiras. Por isso, uma maneira de aumentar seu score é dando informações atualizadas sobre seus rendimentos para as empresas que fornecem informações para o seu cadastro positivo por exemplo e se você possui algum dado desatualizado até sobre onde você mora, isso pode impactar seu score de alguma maneira.

Não pegue emprestado o que não precisa

Assim como fazer diversas solicitações de cartões de crédito, fazer empréstimos também tem impacto bastante negativo e acabam não permitindo aumentar seu score. Se você precisar de algum empréstimo ou financiamento, os faça espaçadamente e espere quitar um que você já possua antes de solicitar outro.

Veja também:

Empréstimo para MEI negativado como conseguir

Os melhores empréstimos para MEI

Comprar carro sem entrada ? Descubra

Anúncios