Anúncios

Porque declarar emprestimo no imposto de renda? IR 2020

Anúncios

Se durante o ano de 2019 você realizou um empréstimo ou financiamento saiba que é necessário fazer a declaração da dívida no imposto de renda 2020, se ela for superior a R$ 5000,00. Isso se aplica para todo o crédito que foi tomado em bancos ou com pessoas físicas, como o dinheiro tomado emprestado com um parente. Essas informações devem ser declaradas na ficha de “dívidas e ônus reais”. Veja a seguir como você declarar empréstimo no imposto de renda. 

Saiba Mais:

Anúncios

Cartão de crédito zuum vivo MasterCard e conta digital

Falta de pagamento da dívida cartão de credito o que pode acontecer?

O que é empréstimo por retenção?

Se você está com dúvida sobre se é necessário fazer a declaração de empréstimo no imposto de renda 2020 como você pode estar realizando essa declaração fique de olho nas informações trazidas neste artigo.

É preciso declarar empréstimo no Imposto de Renda?

Anúncios

Sim, se você tomou um empréstimo com uma instituição financeira ou com a pessoa física no valor superior a R$ 5000,00 é necessário que realize a declaração deste crédito durante a declaração do imposto de renda 2020. O código que deve ser colocado na ficha de dívidas de ônus reais varia. Se a dívida tiver sido contraída com o banco você pode utilizar o código 11 que representa os estabelecimentos bancários comerciais. O código 12 são para sociedade de crédito, investimento e financiamento. Já o código 14 deve ser utilizado quando a dívida foi contraída com a pessoa física.

Porque declarar emprestimo no imposto de renda?

Se faz necessário que você realiza a declaração do empréstimo no imposto de renda para que as informações sejam mais condizentes com a sua situação financeira ao longo do ano. Fazer a declaração do crédito tomado em forma de empréstimo pode evitar que você acabe caindo na malha fina. Então, fique atento a forma correta de fazer a declaração em caso de empréstimo tomado constituição financeira e empréstimo tomado a pessoa física.

É necessário que você faça a declaração de forma correta uma vez que a Receita Federal e irá fazer o cálculo da alíquota que você deve pagar mediante os valores informados.

O que acontece se não declarar empréstimo no IR?

Caso você não venha a realizar a declaração do empréstimo durante o preenchimento do imposto de renda 2020 pode acabar ocasionando em algumas punições. Fazer a declaração do empréstimo pode ajudar você na hora de justificar a aquisição de algum bem durante o ano. Quando a Receita Federal fizer o cruzamento das informações preenchidas durante a declaração do imposto de renda 2020 em muito importante que elas condição com a sua realidade financeira para que você não venha acabar sendo punido por deixar de declarar o empréstimo. É preciso tanto que o credor como o devedor realiza e a declaração do empréstimo uma vez que as informações precisam bater durante a realização do cruzamento dos dados. 

Como faça para declarar emprestimo no imposto de renda 2020?

Para que você consiga fazer a declaração dos empréstimos adquiridos com instituições financeiras ou até mesmo pessoas físicas é necessário que você vá até a ficha de dívida e uma nos reais e faça a seleção do código correspondente. Se a dívida tiver sido contraída com o banco você pode utilizar o código 11 que representa os estabelecimentos bancários comerciais. O código 12 são para sociedade de crédito, investimento e financiamento. Já o código 14 deve ser utilizado quando a dívida foi contraída com a pessoa física.

No campo “discriminação” é necessário que você adiciona informações quanto a dívida, dados como a data da operação CPF ou CNPJ e o nome de quem realizou o empréstimo. Também é possível fazer o preenchimento do saldo devedor no final de 2018 e no fim de 2019 nos campos “Situação em 31/12/2018” e “Situação em 31/12/2019”.  Quando adversa sendo paga os saldos devedores que foram declarados anteriormente irão diminuir. 

Você também precisa informar quais foram os valores pagos da dívida durante o ano de 2019 no campo de informação correspondente a “Valor pago em 2019”

Fique atento aos imóveis e veículos financiados 

Cuidado na hora de fazer a declaração do financiamento de algum veículo ou imóvel.  Não é necessário fazer a inclusão dos financiamentos que possuam um bem financiado como forma de garantia, a popularmente conhecida alienação fiduciária.  Nesse caso o controle referente ao pagamento do financiamento pode ser realizado na própria ficha de bens e direitos, demonstrando que o imóvel está sendo pago no decorrer do tempo, e com alteração gradativa do valor de aquisição do bem. Esses também ficaram de fora da ficha de dívidas e ônus reais as dívidas referentes aos consórcios.

Quem realizou empréstimo também precisa informar?

Sim, quem concedeu o empréstimo também deverá fazer a declaração dele durante o imposto de renda. Para o devedor a operação irá aparecer como dívida, já para o credor ela irá aparecer em forma de crédito a receber e deve estar informada na ficha de bens e direitos, identificada com o código 51 que nomeia todos os créditos decorrentes de empréstimo.

No e tem bens e direitos o credor precisa informar a situação ao final de 2018 e 2019. Existem casos em que parentes acabam emprestando o dinheiro entre si sem realizarem a cobrança de juros. se você realizou um empréstimo e fez a cobrança de juros é importante que realiza a declaração deles na ficha de rendimentos tributáveis recebidos de pessoa física/exterior, no campo correspondente a pensão alimentícia e outros. 

O pagamento do imposto de renda pode ser realizado por meio de DARF que também pode ser emitido no próprio programa carnê-leão, até o último dia útil do mês depois do recebimento do rendimento. 

Redobre a atenção 

se você realizou um empréstimo entre pessoas físicas é muito importante tomar cuidado redobrado na hora de fazer a declaração dessas informações, uma vez que a pessoa que fez um empréstimo também tem a necessidade de declarar a operação a Receita Federal. durante a verificação das informações a receita Federal irá fazer o cruzamento dos dados e informações e por isso é necessário existir duas declarações referentes ao empréstimo onde as mesmas devem conter informações equivalentes.

Saiba Mais:

O que é CVV do cartão de crédito?

Quais são os cartões Mastercard? Solicitar

Como conseguir Nubank com nome sujo? Solicite o seu!

Anúncios