Anúncios

Simular financiamento de imóveis

Anúncios

Muitos brasileiros desejam simular financiamento de imóveis sendo que a grande maioria ainda não sabe exatamente quais são os gastos envolvidos nesse tipo de financiamento, sendo assim, aqui iremos mostrar um pouco mais como solicitar um financiamento e quais são as taxas cobradas em cada um deles. 

Como financiar 100% de um imóvel? 

Ao simular financiamento de imóveis é importante que as pessoas entendam que essa acaba sendo uma excelente opção para aqueles que desejam adquirir sua casa própria, sendo que muitos ainda não compreendem muito bem como funciona o financiamento de um imóvel. 

Anúncios

Além do mais, é importante destacar que o credor acaba liberando um montante de crédito referente a 100% do valor deste imóvel, porém, esse procedimento é muito raro, sendo que é possível em apenas uma situação específica. 

Além disso, esse financiamento imobiliário acaba sendo uma modalidade de crédito em que o próprio credor que costuma ser bancos e empresas desse ramo, acabam realizando o pagamento de um imóvel para o cliente. 

A partir daí a instituição acaba negociando diretamente com esse consumidor, como ocorre a devolução desse montante que foi emprestado. Porém, é importante compreender ainda que as parcelas referentes a quitação desse financiamento realmente não são compostas apenas pela própria amortização. 

Logo somadas a essas parcelas existem ainda taxa de juros, seguros, entre outros. Entretanto, a dúvida da maioria das pessoas é se realmente é possível financiar um imóvel 100%, no mercado imobiliário em geral realmente não é possível financiar um imóvel por completo.

Anúncios

Porém, é preciso saber que existem algumas exceções entre as mesmas: as famílias de baixa renda que estão cadastradas no programa Minha Casa, Minha Vida, sendo que ainda em uma certa faixa desse programa o governo acaba quitando em torno de 90% do valor total deste imóvel, financiando os 10% que restam. 

Qual a renda mínima para financiar um imóvel de 250 mil?

Para simular financiamento de imóveis no valor de R$ 250 mil, a renda familiar mensal deve ser de R$ 8 mil reais, sendo que alguns outros fatores devem ser levados em consideração: a idade do solicitante de financiamento, as taxas de juros que variam conforme a época, sendo que o tempo de pagamento também conta muito. 

Como solicitar os Cartões de Crédito Caixa – Descubra aqui

Qual a taxa de juros para financiamento de imóveis?

Ao simular financiamento de imóveis a pessoa já sabe como vai ficar sua parcela, sabe ainda quais são os juros cobrados, entre outras informações importantes, porém, é preciso entender quais são as taxas cobradas pelo financiamento de imóveis.

Sendo assim, entre os bancos a cobrança fica da seguinte forma:

Caixa cobra para o Sistema Financeiro Habitacional (SFH) a partir de 8,5% ao ano + TR, Já para o Sistema de Financiamento Imobiliário (carta de crédito) a cobrança é a partir de 8,5% ao ano + TR, aos pró cotistas FGTS entre 8,76% e 9,01% ao ano + TR. Para finalizar o limite de financiamento é de até 80% deste valor final para imóveis novos e ainda de 70% do valor para os imóveis usados.

Já o Banco do Brasil cobra para o Sistema Financeiro Habitacional (SFH) a partir de 8,49% ao ano + TR, já em relação ao Sistema de Financiamento Imobiliário o mesmo não opera (na verdade oferece juros a partir de 8,85% ao ano + TR na Carta Hipotecária), para os pró cotistas do FGTS 9% ao ano + TR (disponível para imóveis novos e usados), ademais o limite de financiamento é de 80% a 90% do valor do imóvel novo ou usado.

Em relação ao Banco Itaú, o mesmo cobra para o Sistema Financeiro Habitacional a partir de 8,3% ao ano + TR, sendo que o mesmo não opera pró cotista FGTS, o limite de financiamento é de até 82% do valor do imóvel, sendo que serve para imóveis novos e usados.

O Banco Bradesco cobra pelo Sistema Financeiro Habitacional, 8,99% ao ano + TR, sendo que o Sistema de Financiamento Imobiliário cobra a partir de 8,85% ao ano + TR, não opera sistema pró cotista de FGTS, o limite concedido pelo valor do imóvel é de até 80% sendo que o mesmo pode ser novo ou usado. 

O Banco Santander cobra pelo Sistema Financeiro Habitacional, 8,99% ao ano + TR, sendo que o Sistema de Financiamento Imobiliário cobra a partir de 8,99% ao ano + TR, pró cotista de FGTS a partir de 8,49% + TR, lembrando que o mesmo se limita aos imóveis de construção financiados pelo banco, lembrando que o limite concedido pelo valor do imóvel é de até 80% sendo que o mesmo pode ser novo ou usado. 

Qual o banco com a menor taxa de juros para financiamento de imóveis?

Ao simular financiamento de imóveis os interessados acabam percebendo que a Caixa atualmente concede os melhores juros. Sendo que de acordo com uma nova regra a taxa mínima cobrada de juros para imóveis residenciais é de 7,5% ao ano mais TR, válido a partir do mês de outubro de 2019.

 Além disso, seu prazo de parcelamento pode chegar a 420 meses (35 anos), sendo que a Caixa ainda possui uma linha especial de crédito que serve para financiamento de casa própria que possui juros entre 2,95% e de 4,95% por ano já nesse formato o parcelamento pode chegar a 360 meses (30 anos). 

Qual o valor mínimo de entrada para financiar um imóvel?

Logo ao simular financiamento de imóveis as pessoas precisam destacar quanto darão de entrada, sendo que existe um limite mínimo para isso. Certamente a resposta para essa pergunta é que em geral as instituições acabam exigindo uma entrada referente a 30% do valor total.

Porém, é possível encontrar percentuais um pouco mais baixos, a própria Caixa Econômica por exemplo acaba realizando um financiamento com entrada mínima de 10% para alguns imóveis em questão. 

Como ser aprovado em um financiamento de um imóvel?

Para ser aprovado em um financiamento de imóvel, a pessoa precisa ter um cadastro positivo, sendo que o ideal é abrir uma conta diretamente no banco em que há o interesse de financiar o imóvel. 

Além do mais, é importante ter em mãos os comprovantes de renda, sendo que existe a necessidade de depositar no banco os valores de seus ganhos, além do mais, é importante tomar cuidado com possível restrições no CPF, para finalizar o ideal é usar sites especializados para simular financiamento de imóveis.

Quais são as taxas a pagar na compra de um imóvel?

Entre as taxas cobradas para compra de imóvel estão os seguintes: Imposto de transmissão de Bens Imóveis (ITBI), Registro do imóvel e a Escritura Pública.

Como comprovar renda para financiamento de imóvel?

A renda pode ser comprovada através de contracheques, da carteira de trabalho, de extratos bancários, entre outros, tudo dependerá do que o banco vai solicitar.

Anúncios

Deixe um comentário