Anúncios

Viagem Internacional: Dicas Para Comprar Moeda Estrangeira

Anúncios

Fazer uma viagem internacional é o sonho de muitas pessoas, afinal, possibilita conhecer um novo país, explorar lugares, pontos turísticos, atrações e culturas diferentes, experimentar comidas que não têm por aqui, fazer amizades e muito mais!

Porém, em uma viagem deste tipo é preciso muito mais organização e planejamento para que tudo saia como o esperado. E um dos pontos importantes aqui refere-se ao dinheiro, ou seja, à moeda estrangeira.

Anúncios

Veja também:

7 melhores empresas de financiamentos em 2020

Os melhores cartões de crédito para negativados

Manual para aumentar seu score em 2020

Anúncios

Isso porque a maioria dos países não aceita a nossa moeda (o real) e, por isso, é necessário comprar o dinheiro certo para utilizar enquanto estiver no destino estrangeiro.

Agora como fazer isso? Como conseguir um preço justo? É melhor comprar a moeda estrangeira antes de viajar ou no destino? Essas e outras questões você verá a partir de já!

Dicas para comprar moeda estrangeira para viagens

Primeiramente, é importante você saber que ao comprar moeda estrangeira você terá duas opções de escolha: em cash, ou seja, dinheiro em espécie ou em um cartão pré-pago que, basicamente, você deposita a quantia que deseja nele para depois utilizar no destino.

O lado bom deste cartão é que se você precisar levar uma quantia alta para a sua viagem, terá todo o dinheiro nele, o que já não é tão interessante em relação ao dinheiro em espécie, pois já não fica tão confortável ou mesmo seguro.

Agora o lado negativo deste cartão é que as taxas (ou seja, o IOF – Imposto sobre Operações Financeiras) são mais altas em comparação a compra de dinheiro em espécie.

Por isso é importante você avaliar qual é o mais interessante para você.

E como comprar a moeda?

Pesquisando com antecedência e comprando aos poucos em locais seguros, isto é, em lojas/empresas que sejam credenciadas pelo BC – Banco Central.

Então alguns meses (ou semanas) antes de viajar, acompanhe com regularidade a cotação da moeda do país de destino e avalie as taxas de câmbio. 

Se estiverem baixas, compre um pouco. Se estiverem altas, espere. Se estiverem baixas novamente, compre mais.

Evite comprar tudo de uma vez, mesmo que as taxas estejam baixas, pois depois de pouco tempo elas podem cair ainda mais e assim você conseguirá fazer um bom negócio.

Um bom caminho para conseguir fazer esse acompanhamento é utilizar sites, plataformas ou aplicativos. Hoje em dia há algumas boas opções que podem te ajudar a economizar na hora da compra.

Além disso, pesquise com antecedência para encontrar uma casa de câmbio que ofereça um bom custo-benefício, isso porque cada loja oferece uma taxa. Portanto é essencial pesquisar para encontrar a melhor!

Por fim, troque o dinheiro (ou grande parte dele) antes de viajar, pois quando você chegar ao destino já terá a moeda local para usar e, caso deixe para fazer isso já no destino, poderá pagar taxas elevadas ou ainda se deparar com casas de câmbio que não aceitam o real.

E uma dica extra: evite trocar dinheiro nos aeroportos, pois é onde as taxas costumam ser mais desvantajosas.

viagem-internacional-dicas-para-comprar-moeda-estrangeira

E quanto dinheiro levar em uma viagem internacional?

Uma das coisas mais difíceis de fazer antes de viajar para o exterior é decidir a resposta à pergunta: “quanto dinheiro devo levar?”. 

Se você levar pouco, talvez precise usar um caixa eletrônico (e que costuma ter taxas bastante elevadas) ou se você levar muito, corre o risco de ter sobras de dinheiro que não poderá usar novamente. 

Sendo assim, como encontrar o equilíbrio certo? 

Pesquise

Se você quer saber quanto dinheiro precisa levar em sua viagem (ou algo próximo disso), primeiro você deve fazer uma boa pesquisa (novamente).

Ou seja, faça pesquisas na internet para ter uma ideia de quanto custará as coisas no destino que você irá, tais como: alimentação, transporte, atrações turísticas, compras em geral, etc.

Defina um orçamento

Depois de decidir o que deseja fazer/comprar em sua viagem, você pode estabelecer um orçamento, ou seja, quanto você irá gastar nesta viagem.

Não precisa ser perfeito, mas definir dia a dia quanto você planeja gastar em comida e atrações, por exemplo, e manter esse número em mente para a sua viagem é uma ótima decisão. 

Isso não apenas fornecerá uma base para o dinheiro que você precisará levar, mas também ajudará você a manter seus gastos sob controle em sua viagem.

Ah, e não se esqueça de separar uma quantia reserva, ou seja, um valor para alguma emergência ou imprevisto, pois como sabemos, eles podem acontecer.

Leve um pouco a mais do que você pensa que precisa

Embora você possa ser conservador com a quantidade de dinheiro que levará para o exterior, geralmente as pessoas gastam mais do que pensam que gastarão em viagens. 

Com isso em mente, nunca é uma má ideia levar um pouco a mais de dinheiro.

E para finalizar, uma dica bônus: monte uma planilha no Excel ou no Planilhas Google e vá colocando os valores (em média) dos gastos. Dessa forma, você terá tudo registrado e de uma maneira fácil de visualizar.

Veja também:

Os 10 melhores empréstimos consignados

Os 10 melhores refinanciamentos de veículo e imóvel

Os 3 melhores financiamentos para negativados SPC e Serasa

Anúncios